Torne-se um
profissional do
futuro!

A inovação agora é a linha guia de diversas matérias do currículo, tendo cerca de 20% da carga horária do curso em disciplinas de projeto ou de suporte a projetos de engenharia.

Participe de
projetos vinculados
A tecnologia, data science e empresas renomadas

concilie teoria e
prática em
um só lugar
Tenha
oportunidades de empreendedorismo
em todas as habilitações
Trabalhe em
projetos reais
desde o primeiro período

Sobre os novos cursos de Engenharia.

Muito mais inovação e empreendedorismo em 2023.

Todos os cursos de Engenharia
passaram por uma reforma
curricular e agora estão muito
mais modernos, atualizados e
adequados às mudanças do
mercado de trabalho.
Se você quer ter uma formação
completa que une
empreendedorismo, contato
com a profissão desde o começo
do curso e criação de projetos
inovadores, seu lugar é aqui!

Tenha todas as informações sobre o vestibular 2023 da Nova Eng. PUC-Rio.

SAIBA MAIS AGORA

Sobre os novos cursos de Engenharia.

Muito mais inovação e empreendedorismo em 2023.

Conheça todos os cursos

Empreendedorismo e
inovação em um só lugar.

A nova grade curricular que atende às
novas demandas do futuro.

Eng. Ambiental

Desenvolva e aplique
tecnologias que protejam e
recuperem o meio ambiente, preservando a qualidade da
água, do ar e do solo.
Saiba Mais

Eng. Civil

Tenha uma formação com base técnica utilizando tecnologia moderna nas áreas de Transportes, Construção Civil, Recursos Hídricos e Estruturas e Materiais.
Saiba Mais

Eng. Computação

Prepare-se para o desenvolvimento de sistemas de grande complexidade, incluindo os que integram software e hardware.
Saiba Mais

Eng. Controle e Automação

Atue com temas tecnológicos inovadores, tais como projeto de sistemas robóticos, técnicas de inteligência artificial, desenvolvimento de robôs autônomos e muito mais.
Saiba Mais

Eng. Materiais e Nanotecnologia

Torne-se um profissional apto a desenvolver novos nanomateriais, acompanhando os processos de sua produção e garantindo o cumprimento de normas e especificações.
Saiba Mais

Eng. Produção

Aprenda a analisar, projetar, planejar e desenvolver produtos, processos e serviços, para poder atuar local e globalmente em organizações de diversas naturezas.
Saiba Mais

Eng. Elétrica

Trabalhe com geração, transmissão e distribuição de energia, inclusive de fontes renováveis, além de planejar, implementar e operar redes de comunicações.
Saiba Mais

Eng. Mecânica

Execute projetos e desenvolvimentos nas áreas de fabricação, operação de máquinas e equipamentos, sistemas de escoamento de fluidos, entre outros.
Saiba Mais

Eng. Química

Capacite-se para ter uma visão multidisciplinar e atue em diferentes setores como indústrias petroquímicas, fabricação de fármacos, indústria de alimentos, entre outras.
Saiba Mais

Engenharia
é na PUC-Rio!

Receba todas as novidades dos próximos vestibulares da Nova Eng. PUC-Rio.

Quer saber mais sobre os próximos vestibulares da PUC-Rio? Cadastre-se agora!

Não deixe passar a chance de explorar todas as possibilidades e diferenciais que esperam por você!

Depoimentos

Quem estudou na PUC-Rio sabe
do que estamos falando!

Wilian Cortopassi

Empresa/cargo: Especialista sênior em ciência de dados na Novartis.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2013.
Qual engenharia fez: Bacharelado em Química.

Depoimento:
Na Puc Rio encontrei oportunidades de me desenvolver como um cientista com foco em pesquisas farmacêuticas desde o início da graduação. Colaborei com pesquisadores de diferentes departamentos, e aprendi bastante sobre conceitos de todos os níveis da química, tanto da área computacional, quanto de síntese e aplicações biologicas. No último ano da graduação, tive a oportunidade de participar de uma experiência internacional da empresa farmacêutica britânica GlaxoSmithKline, que selecionou químicos brasileiros para um programa de algumas semanas no centro de pesquisas deles na Inglaterra. Com isso decidi seguir carreira na indústria, caminhei para um doutorado em Oxford, também na Inglaterra, e um pós doutorado na Universidade da Califórnia. Hoje co-lidero iniciativas de realidade virtual na Novartis, na California, e faço design de novos compostos com potencial de impacto direto em milhões de pacientes do mundo todo. A Puc Rio me ensinou a pensar como um pesquisador global, e sou muito grato por isso!

Vivian Suzano Medeiros

Empresa/cargo: USP / Pesquisadora de pós-doutorado.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2012
Qual engenharia fez: Engenharia de Controle e Automação

Depoimento:
Sou formada em Engenharia de Controle e Automação pela PUC-Rio e durante a minha graduação tive a oportunidade de participar de diversas atividades que foram essenciais para a minha formação profissional. Eu fui monitora de diversas disciplinas, fiz um intercâmbio de 1 ano na Universidade de Coimbra, em Portugal, fiz iniciação científica e fiz estágio no Centro de Pesquisas em Tecnologia de Inspeção (CPTI) da PUC-Rio. Tudo isso porque o curso de engenharia na PUC-Rio dá oportunidade aos alunos de fazer parte de diversos laboratórios e colaborar com outras engenharias em projetos práticos em diferentes áreas: robótica, sistemas aéreos, sistemas veiculares, petróleo e gás, entre outras. Além disso, os seus professores possuem projetos de colaboração com empresas e outras universidades, o que também abre muitas portas para o mercado profissional e para a vida acadêmica. Participar de tarefas de desenvolvimento de projetos com aplicações reais em engenharia contribuiu muito para a minha formação e eu espero que mais disciplinas focadas em projetos sejam integradas ao currículo de engenharia da PUC-Rio.

Thiago Rodrigues da Costa

Empresa/Cargo: Embraer S.A.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2019
Qual engenharia fez: Engenharia Mecânica

Depoimento:
O meus anos como aluno da PUC foram fundamentais para a minha carreira, nela conheci diversas pessoas, alunos e professores, que me ajudaram a evoluir muito como pessoa e profissional, e fiz amigos que guardo comigo até hoje. Também tive oportunidade de participar de grupos de pesquisa, fazer estágios e participar da equipe de aerodesign, a AeroRio, onde tive meu primeiro contato com o mundo da aeronáutica. A AeroRio com certeza  mudou completamente a minha vida de direção por me mostrar possibilidades que nem passavam pela minha cabeça antes, além de me permitir conhecer pessoas incríveis me abrindo diversas portas. Através dela participei de competições nacionais e internacionais e tive oportunidade de adquirir conhecimentos novos aplicando na prática o que antes só via na sala de aula, sendo fundamental para chegar onde estou. Só tenho a agradecer a PUC por todos os momentos, todos os ensinamentos e todas as oportunidades que me proporcionou ao longo dos meus 5 anos de formação como engenheiro..

Marcos Pereira Caldas

Empresa/cargo: EMBRAER S.A / Engenheiro de Desenvolvimento de Produto – Sistemas Hidromecânicos – Jatos Executivos.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2019
Qual engenharia fez: Engenharia Mecânica

Depoimento:
Desde criança, eu me considero um estrangeiro, indo de um lado para o outro sem uma verdadeira casa. Assim, meu sonho sempre foi poder trabalhar na indústria da mobilidade e mais especificamente na aeronáutica. Os aviões são meios que puderam reduzir distâncias e permitem que eu possa ver minha família e amigos, mesmo a milhares de quilômetros de distância. Dessa forma, ser um engenheiro da indústria aeronáutica fez parte do que eu queria como destino. Na PUC-Rio, me formei em Engenharia Mecânica, em 2019.2. Em cinco anos pude estudar as mais diversas disciplinas teóricas e práticas com relação ao projeto de sistemas mecânicos, sejam fluidos ou sólidos, e pude obter uma noção geral de todas as ciências físicas e matemáticas que envolvem um projeto multidisciplinar e complexo por natureza. Ao longo da experiência na PUC-Rio, pude participar por 2 anos e meio de projetos como o AeroRio UAV Design, onde tive contato prático com projetos verdadeiramente aeronáuticos. No Aero, pude aprender as mais diversas áreas do projeto aeronáutico, desde o projeto conceitual, passando pelo projeto preliminar e encerrando com a manufatura e o voo da aeronave, o ciclo completo. O desafio do ambiente do AeroDesign, me abriu muitas portas, tanto do lado técnico quanto meu lado dos soft skills me tornando um verdadeiro engenheiro completo. Minha Iniciação científica e meu TCC foram em temas oriundos do ambiente do Aerodesign e me ajudaram a formar meu pensamento crítico e que busca novas contribuições para a ciência. A PUC-Rio e o Aero me proporcionaram experiências incríveis, 7 competições nacionais e internacionais, muito premiadas e que me levaram a conseguir meu estágio de verão na Embraer e a chance de participar no PEE, o Programa de Especialização em Engenharia da Embraer, onde pude me especializar em Sistemas e ser contratado para a Embraer. Hoje trabalho com sistemas hidromecânicos na aviação executiva. Consegui, portanto, alcançar meu sonho de criança e contribuir para esta maravilhosa indústria, e sem dúvidas agradeço à PUC e ao Aero por me ajudarem nessa caminhada sem igual.

Luiz Ricardo Renha

Empresa/cargo: Brookfield do Brasil.
Ano de formatura na PUC-Rio: 1980
Qual engenharia fez: Engenharia Química

Depoimento:
O curso de Engenharia Química da PUC RJ, é uma referência no Brasil. Além de excelentes professores os laboratórios, o conteúdo das matérias foram de suma importância no meu desenvolvimento profissional. importância na minha carreira.

Deborah Grinapel Lustman

Empresa/cargo: Visagio / Consultora Sr.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2015
Qual engenharia fez: Engenharia de Produção

Depoimento:
O tempo que passei na PUC e o curso foram fundamentais para meu futuro como profissional. Ao longo dos 5 anos tive a oportunidade de aprender muito, tanto em competências técnicas, quanto comportamentais ou mais soft. Todos os aprendizados foram super importantes e agregaram bastante profissionalmente. O curso em si e a forma como é moldado abre um bom leque de oportunidades, além de possibilitar que cada um utilize suas optativas e eletivas de forma a se aprofundar em temas que tenham mais interesse. Além disso, tive a oportunidade de voltar à universidade em algumas oportunidades, já como profissional, apresentando cases em aulas e trazendo uma visão mais prática daquilo que aprendemos em sala para os alunos. Ter tido essa oportunidade na minha época de aluna teria sido muito valioso, já que abre portas e promove networking profissional de fato. Acima de tudo, meu tempo de PUC foi enriquecedor e ter a oportunidade de voltar como profissional, ajudando de diversas formas no desenvolvimento dos futuros engenheiros, com o mesmo carinho e acolhimento de sempre, é inspirador.

Debora Turon Wagner

Empresa/cargo: Especialista Sênior em Coprodutos/Gerdau.
Ano de formatura: 2010
Qual engenharia fez: Engenharia Metalúrgica e Engenharia de Materiais

Depoimento:
Durante o ciclo básico da engenharia na PUC-Rio tive a oportunidade de conhecer as diferentes especialidades e realizar iniciação científica. Essas experiências foram fundamentais para a minha escolha pela Engenharia Metalúrgica e Engenharia de Materiais.

O antigo DCMM, atual DEQM, conta com professores de altíssima qualidade, que sempre se mostraram muito engajados em passar todo o conhecimento para os alunos e torná-los parte integrante de suas linhas de pesquisa. O foco do ensino na teoria aplicada desperta o interesse de nós alunos e ajuda a desenvolver a habilidade da integração entre universidade e indústria. Além de todo o conhecimento gerado, a iniciação científica e estágio com a equipe de microscopia digital e processamento digital de imagens me permitiu contato direto com grandes empresas para as quais desenvolvemos soluções e ministramos treinamentos. Fiz a escolha de iniciar o mestrado no DEQM ainda durante a graduação, por meio das matérias eletivas livres, e contei com o apoio dos professores de diferentes linhas de pesquisa quando busquei uma "dor" da indústria para desenvolver uma solução. Toda essa jornada foi fundamental para a minha passagem profissional no centro de pesquisa da Vale como coordenadora técnica.

O doutorado se fez necessário para continuidade do meu desenvolvimento e retornei à PUC-Rio em 2018. Me deparei com o grupo de pesquisa do DEQM super atualizado e disposto a contribuir ativamente na linha de pesquisa que atualmente atuo: desenvolvimento de Coprodutos da Gerdau.

Anna Carolina Lacerda

Empresa/cargo: Senior Product Manager na XP Inc.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2017
Qual engenharia fez: Produção

Depoimento:
Eu me tornei filha da PUC ainda na escola. Nas minhas férias durante o Ensino Médio, meu irmão mais velho, que na época cursava Comunicação Social, me levava para passar um tempo no campus e foi ali que o meu amor pela PUC nasceu. Mesmo antes de escolher o curso que eu faria, eu já tinha certeza de que seria lá. Durante os 5 anos de Engenharia de Produção, mais do que o contato com as matérias que me formaram profissionalmente, aprendi a estruturar o meu raciocínio para soluções de problemas, tive contato com as muitas opções de áreas que eu poderia trabalhar (as melhores empresas sempre participam dos eventos da PUC) e construí um networking com colegas muito enriquecedor pra minha carreira. Certamente é um ecossistema completo para formar os melhores profissionais do mercado.

André Alves Ferreira

Empresa/cargo: Professor Convidado e Investigador na FEUP/ INEGI. Consultor Tecnológico da empresa SERMEC Group.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2011
Qual engenharia fez: Engenharia de Materiais e Engenharia Metalúrgica

Depoimentos:
Fui funcionário e estudante da PUC-Rio. Ex-morador de Duque de Caxias, busquei na Universidade realizar um sonho e uma formação de excelência.  A oportunidade que me foi dada de estudar e trabalhar na PUC abriu-me diversas portas após a minha formatura, em empresas no estado do Rio de Janeiro e também fora. Atuei durante 6 anos em uma empresa de soldadura e ao finalizar o mestrado em Engenharia de Processos Químicos e Bioquímicos na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), decidi vir para Portugal para realizar o doutoramento em Engenharia Metalúrgica e de Materiais na Faculdade de Engenharia da Universidadde do Porto (FEUP), concluindo o curso com distinção e com aproveitamento máximo. Atualmente sou Professor Convidado e Investigador FEUP/INEGI. Consultor Tecnológico – SERMEC Group. Professor e Examinador do Curso de Pós-Graduação em Engenharia de Soldadura (EWF/IIW Qualification) para os níveis E/IWE - Engineer, E/IWT – Technologist e E/IWS - International European Welding Specialist. Eu classifico os cursos que realizei na PUC-Rio como de excelência e tive a satisfação de ter excelentes professores que sempre me incentivaram. A Universidade me forneceu ferramentas fundamentais para me tornar um engenheiro reconhecido.

Ana Luiza Barchilon

Empresa/cargo: Analista Operações Integradas de Negócios | Globo.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2020
Qual engenharia fez: Engenharia Elétrica

Depoimento:
Estudar na PUC-RJ é um privilégio no sentido mais amplo da palavra. Em um país aonde apenas 21% dos jovens possui ensino superior completo, ser formada pela PUC como bolsista é uma das minhas maiores conquistas. Estudar aqui me abriu portas que eu nem mesmo sabia que existiam. Participei de Iniciação Científica, grupo de desenvolvimento universitário, fui monitora e pude fazer meu tão sonhado intercâmbio. Fiz amigos que me acompanham desde 2013 e os quais quero levar para a vida toda. Oportunidades. Foi isso que a PUC me deu. E por isso, serei eternamente grata.

Allan Nogueira de Albuquerque

Empresa/cargo: Engenheiro Mecânico de Pesquisa Sênior na Halliburton.
Ano de formatura na PUC-Rio: 2009 (Graduação), 2012 (Mestrado) e 2017 (Doutorado)
Qual engenharia fez: Engenharia Mecânica

Depoimento:
Não é exagero dizer que a PUC-Rio mudou minha vida. Entrei em 2005 como bolsista do ProUni depois de estudar em uma Escola Municipal e no CEFET-RJ*. Uma vez no curso de Engenharia Mecânica, passei por um forte Ciclo Básico, fundamental para o desenvolvimento do pensamento analítico, e um Ciclo Profissional com professores muito qualificados e experientes. A boa infraestrutura laboratorial e o uso de programas de ponta para desenho e simulação ao longo das disciplinas foram fundamentais para o meu currículo. Foi gratificante perceber que, ao buscar oportunidades na indústria, os métodos e ferramentas usadas no desenvolvimento de novos projetos ou produtos são os mesmos aprendidos na universidade. A PUC-Rio também oferece diversas oportunidades adicionais, fora do currículo tradicional, para dar ao aluno uma experiência em trabalhos práticos, como a Iniciação Científica, estágios e participação nas equipes de competição. Aproveitei estas oportunidades ao máximo ingressando na Iniciação Científica e, posteriormente, em um estágio no Instituto Tecnológico (ITUC). Tomei gosto por projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação e continuei minha formação na PUC-Rio com o Mestrado e Doutorado, sempre trabalhando como Engenheiro de Pesquisa e, ocasionalmente, dando aulas como Professor Horista**. Hoje, além de dar aulas no Departamento de Engenharia Mecânica, tenho uma posição de liderança em equipes de desenvolvimento de ferramentas inovadoras no Centro Tecnológico de uma das maiores empresas do mundo do setor de Óleo e Gás, o que é motivo de muito orgulho. E só tenho a agradecer à PUC-Rio por isso.

Descubra mais sobre o novo currículo das
Engenharias
PUC-Rio!

FAQ

Perguntas e respostas mais recorrentes.

Sobre a nova grade curricular

O que são as novas DCNs?

As DCNs são as Diretrizes Curriculares Nacionais, estabelecidas pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE). As novas DCNs, cujo texto pode ser acessado neste link, estabelecem, entre outras coisas, que os novos currículos dos cursos de engenharia precisam ser baseados em competências, contemplando metodologias inovadoras de ensino e ampliando o contato do aluno com a indústria ao longo do curso.

    Quais as competências que serão desenvolvidas com esta reforma?

    O capítulo II do texto das DCNs disponível neste link elenca uma série de competências que um curso de graduação em Engenharia deve proporcionar aos seus egressos ao longo da sua formação. Ao elaborar a nossa reforma curricular, organizamos as competências da seguinte maneira:

    • Competências preconizadas pelas DCN’s:
      Consciência do Contexto; 
      Modelagem dos Fenômenos; 
      Design Thinking; 
      Planejamento e Gestão; 
      Comunicação; 
      Liderança e Trabalho em Equipe; 
      Ética; 
      Aprendizagem Autônoma. 
    • Competências específicas do engenheiro da PUC-Rio:
      Internacionalização; 
      Empreendedorismo; 
      Consciência da Pesquisa Científica.
      Quais são as principais mudanças nos currículos das engenharias da PUC Rio??

      Além do foco em metodologias de ensino hands-on e PBL – Problem Based Learning, que preparam o aluno para resolver questões do mundo real, na PUC nossos alunos têm:

      • Integração com a indústria nas disciplinas de projeto e em programas de extensão;
      • Várias oportunidades de internacionalização dentro e fora do campus
      • Desenvolvimento de competências de empreendedorismo e soft skills (habilidades interpessoais).

      Sobre o curso

      Posso escolher as disciplinas que quero cursar no primeiro período?

      A grade de horários do primeiro período contém o primeiro bloco de projeto integrado, assim como disciplinas introdutórias indispensáveis para a trajetória do calouro no curso, sendo elaborada pela coordenação pedagógica de seu departamento. A partir do segundo período, o aluno pode montar sua própria grade de disciplinas.

      O que é a internacionalização na PUC-Rio?

      O aluno da PUC-Rio pode se candidatar para fazer intercâmbio acadêmico, de curta duração ou duplo diploma em universidades em vários países através da Coordenação Central de Cooperação Internacional (CCCI). Para mais informações sobre os tipos de intercâmbio e suas respectivas listas de conveniadas, acesse o Site do CCCI.

      O que é extensão?

      A extensão universitária abrange toda iniciativa de interação entre uma instituição de ensino e a comunidade onde ela se insere. Na PUC, as iniciativas de extensão promovem o contato do aluno com a sociedade ao longo de sua formação, levando a universidade para além de seus muros. O Plano Nacional de Educação identifica a tríade Ensino - Pesquisa - Extensão como estrutura fundamental de todo curso de graduação.

      O que são disciplinas eletivas?

      São disciplinas que podem ser cursadas pelo aluno, embora não componham a grade curricular do curso. Toda habilitação tem uma carga prevista de eletivas que o aluno deve cumprir. Essas disciplinas podem ser oferecidas pelo seu próprio departamento ou por outros departamentos da universidade, não se restringindo ao Centro Técnico Científico (CTC). O aluno do CTC pode, por exemplo, cursar disciplinas de Direito, Design ou Arquitetura como eletivas.

      O que são disciplinas optativas?

      Um grupo de optativas é uma coleção de disciplinas com uma temática comum. Alguns currículos exigem que o aluno curse uma certa quantidade de créditos dentro de um grupo de optativas, cabendo ao aluno escolher quais das disciplinas optativas cursar.

      O que são disciplinas de projeto?

      São disciplinas com foco no ensino hands-on e PBL – Problem Based Learning, além de propiciar o desenvolvimento das competências de trabalho em equipe e aprendizagem autônoma, fundamentais para preparar o aluno para o mercado de trabalho.

      Por que tantas disciplinas de projeto?

      Porque este é o formato de disciplina que estimula o desenvolvimento de competências como comunicação, liderança e trabalho em equipe, além de proporcionar um ambiente mais adequado para o ensino de competências técnicas com metodologias hands-on.

      Como são formados os blocos de disciplinas de projeto?

      Um bloco de projeto é composto pela disciplina de projeto e por uma ou mais disciplinas vinculadas. Essas disciplinas são responsáveis pelo desenvolvimento de habilidades e conhecimentos necessários para a execução do projeto.

      Posso cancelar a disciplina de projeto e não cancelar as outras disciplinas do bloco de projeto?

      Sim. O cancelamento da disciplina de projeto não obriga o cancelamento das demais disciplinas, já o cancelamento de uma ou mais disciplinas vinculadas à disciplina de projeto acarretará no cancelamento automático da disciplina de projeto.

      O que é cancelamento de disciplina?

      Os alunos podem cancelar uma disciplina e parar de cursá-la no período. A depender da data, o cancelamento pode ou não incidir em alteração do carnê do aluno. Confira as regras detalhadas aqui.

      O aluno pode cancelar disciplinas no seu primeiro período?

      Sim. A depender da data do cancelamento, o aluno continua pagando a disciplina. Confira as regras detalhadas aqui.

      Preciso fazer um novo vestibular para trocar de habilitação de engenharia?

      Um dos diferenciais do CTC é a facilidade na mudança de habilitação: o aluno do CTC pode trocar de habilitação em qualquer momento do curso, com pouca burocracia.

      Quais as atividades extracurriculares a universidade oferece?

      Atividades extracurriculares são uma parte fundamental da formação universitária. Nosso aluno tem acesso a uma série de iniciativas apoiadas pelo CTC, como Equipes de Competição, Participação em organizações de evento como a Semana Integrada de Engenharia (SIEng PUC-Rio), Simpósio de Química e das Engenharias Química e de Nanotecnologia e Materiais da PUC-Rio e das atividades de capítulos estudantis como o AlChe, I3E, ASME, entre outros. Os diretórios e centros acadêmicos do CTC, geridos pelos nossos alunos, oferecem uma gama de eventos e atividades. Além dessas oportunidades, a estrutura do campus permite que o aluno do CTC acompanhe e participe de várias das atividades propostas pelos outros Centros; o CTCH (Centro de Teologia e Ciências Humanas, o CCS  (Centro de Ciências Sociais) e o CCBS (Centro de Ciências Biológicas e da Saúde).

      O que é o projeto de mentoria do CTC?

      A mentoria visa orientar e auxiliar no desenvolvimento social, acadêmico e profissional dos alunos mentorados, contando com encontros em dupla (mentor e mentorado) e encontros periódicos com a Equipe do Serviço de Orientação Universitária – SOU-CTC, coordenadores de curso e aliados – profissionais do mercado.

      A PUC-Rio oferece bolsas de desempenho acadêmico?

      Sim. As bolsas de desempenho acadêmico serão distribuídas de acordo com o desempenho do candidato no Vestibular PUC-Rio 2023.1 ou ENEM, conforme as seguintes classificações:
      Bolsas de 100% para os candidatos classificados até o 4º lugar no Vestibular, de acordo com a média ponderada do grupo;
      Bolsas de 70% para os candidatos classificados até o 10º lugar no Vestibular e para o candidato classificado em 1º lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) realizado em um dos anos entre 2018 e 2022, (ENEM 2018 a ENEM 2022), de acordo com a média ponderada do grupo;
      Bolsas de 50% para os candidatos classificados até o 18º lugar no Vestibular e para os candidatos classificados até o 4º lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) realizado em um dos anos entre 2018 e 2022, (ENEM 2018 a ENEM 2022), de acordo com a média ponderada do grupo;
      Bolsas de 30% para os candidatos classificados até o 48º lugar no Vestibular e para os candidatos classificados até o 15º lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) realizado em um dos anos entre 2018 e 2022, (ENEM 2018 a ENEM 2022), de acordo com a média ponderada do grupo.

      Você pode conferir mais informações clicando aqui.

      O Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) tem como objetivo ser um espaço de incentivo a novas pesquisas e de aprimoramento da formação técnica e acadêmica de engenheiros e de cientistas.

      Além das novas Engenharias, o CTC agrega os cursos de Informática (Ciências da Computação) e também os bacharelados em Matemática, Física e Química.

      Vem conhecer um pouco mais!

      Entre em contato!

      Tem alguma dúvida ou gostaria de saber algo a mais sobre os novos
      cursos de Engenharia da PUC-Rio? Entre em contato conosco!

      Obrigada! Sua submissão foi recebida!
      Ops! Algo deu errado ao enviar o formulário.
      Fale conosco